sábado, 15 de julho de 2006

Porque todo caminho leva para algum lugar


Se todos os caminhos do mundo levam para Roma (diga isso o meu caro Manu das Sombras), esse que pegamos nos traz até Buenos Aires. Note a paisagem (pampas) ao fundo e os pés descansando. Ora, eu não vi ao mundo para ser burro de carga. Vim, como diria o meu grande amigo Bob Bombom, a passeio. Y qué así sea, che!

5 comentários:

Brahmarsi disse...

Hare Krishna, Gubugu de meu coração tão despedaçado e desesperançoso por estar longe de ti, mesmo nunca estando fisicamente tão perto antes.

Quiçáz outrora os ventos pudessem trazê-lo novamente em minhas memórias que se apagam durante o "tempo eterno que sempre é tempo" passa.

Mando aqui minhas palavras de "boas vindas", mesmo tendo chegado a um lugar onde não estou, e mesmo não tendo saído de onde sempre estive - suas lembranças. Conte-me como está as adaptações, sua vida, sua realidade de agora.

Eu, aqui, com minha consorte estou, feliz e descobrindo outras facetas da vida, provida pela Providência que nada faz, nada age, porém ainda continua como a "causa de todas as causas".

E, sem mais delongas, encerro.

Bejunda, Gubugu! Saudades, guri!

Hernan disse...

O sentido dos caminhos o da o caminhante. Vá em frente, volte sempre. Que cada retorno seja o prelúdio de uma nova partida, de um novo caminho. Estaremos siempre aqui, allí, donde tú estes, en todo lugar donde sea necesario. Felizes de você estar conosco y de nosotros estar contigo.

Mikie disse...

Olá Camilo!!!
que boa idéia a do blog!
Cara, esse caminho dos pampas é uma coisa, é lindo de noite e de dia também...o único problema é que a paisagem é sempre a mesma: um campo reto, uma vaquinha e uma casinha!
Boa trip!

EletricAngel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
EletricAngel disse...

eii magoo, tu nao tinha dito q ia p buenos aires, nossa q legal
boa sorte por ai
bjokas