segunda-feira, 13 de novembro de 2006

¿Suma?

Qual é a soma entre um pato e um cachorro? Em castelhano, um pato-perro.

Este ser inóspito, de constituição bizarra, peso desconhecido, cujos latigrasnados poucas pessoas já escutaram, é um animal raríssimo (alguns especialistas dizem até que o pato-perro está em extinção). Também é conhecido como patus-canis bizarrus, que é seu nome científico, tem hábitos estranhos, como correr atrás de pedaços de madeira, latigrasnar para gatos, fazer xixi em árvores, gostar que o levem para passear. Ao mesmo tempo, também é um grande excrementador, como todos os patos. Tende a ser muito fiel ao seu dono e a protegê-lo batendo as asas, avançando e latigrasnando.

Até agora, dada a rareza de tal criatura, não o conseguimos fotografar, mas já o vimos algumas vezes. É um animal que merece ser mencionado e que merece entrar nos autos da ciência mais prolixa.

E eu, como desbravador incólume, descobri um espécime ao lado de casa. Quem sabe não mereça que chamem esse animal de patus-canis bizarrus maguus?

10 comentários:

Anônimo disse...

vc ta fumando/injetando/cheirando escondido????
donde carajo viste ese pato-perro????

jackie disse...

Amigo, faz um documentario!!!
Vai arrasar!!!!!!!!!!!!
cheiro no cangote.

Paty disse...

Duinzinho do meu coração...
1) A filosofia é uma preparação pra nossa futura e feliz vida hippie.

2)Quanto aos nossos filhos, achei que eram só 10. Mas se fazes questão, penso em mais 5 nomes e em um terreno maior pra nossa horta orgânica.

3)O Passarinho tá morando na cozinha até ficar apto para enfrentar as adversidades mundanas. Foi salvo pela mãe quando caiu do ninho e estava prestes a ser abocanhado pelo Temível Gury xixizento.

4) Beijo duinzístico e saudades, nego.

brahmarsi disse...

inútil...
pataperrético, diria eu.. quem sabe pataperrotético, ou ainda perropatatético, pra não dizer patético, desconsiderando o lado cão da história..

Marlon disse...

Dizer oq???

Marxperience disse...

Que bom que você apreciou o disco, my dear. Fez valer a pena postar toda aquela besteirada.

Cara, sua sacadinha é uma coisa linda. Paguei um pau pra foto que você tá lendo nela.

Abração!

Marlon disse...

Nossa vida se resume ao descobrimento, quando paramos esta na hora de embarcar pro estágio seguinte... e oq eu ando fazendo??? "estudaNo" pra ver se quem sabe eu passo num concurso qualquer e compro uma bicicleta.

Marlon disse...

só pra avisar q atualizei o blog... www.bobpai.blogspot.com

Anônimo disse...

Paren todos ahi!!!! yo tb vi lo que magoo vio. Pero no es tan asi, es simplemente un pato domestico, acaso todo lo domestico es perro? tan extraño es tener un simple pato en la terraza? y tomar sol tranquiiiiliiiito y darle de comer unas galletitas al pato? y llamarlo de pato pato pato pato shshshshs ?????
creo que todavia no entendieron que podemos estar en presencia de una autentica costumbre argentina....Arissss

catalina disse...

lo raro no es el pato perro
lo dudoso es ver a magoo inflingiendole identidad a todos los animales de little horse bajo la sentencia de "vos sos perro"
ese pato es formidable! y comparto su gusto por la sombra-
cómo confiar en un brasileño ladron al cual se le cae la baba por un tomate?!?!?!?!?!!!!!!!!!!
mmmmmmmm tomate!!!!!!!!